Mar Português

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Ó mar salgado, quanto do teu sal
São lágrimas de Portugal!
Por te cruzarmos, quantas mães choraram,
Quantos filhos em vão rezaram!
Quantas noivas ficaram por casar
Para que fosses nosso, ó mar!

Valeu a pena? Tudo vale a pena
Se a alma não é pequena.
Quem quer passar além do Bojador
Tem que passar além da dor.
Deus ao mar o perigo e o abysmo deu,
Mas nelle é que espelhou o céu.

----------------------------------------------------------

Fernando Pessoa. Mensagem. In:
Poemas de Fernando Pessoa. Sel., pref.
e posf. de Eduardo Lourenço. Lisboa:
Visão / JL, 2006, p. 211.

----------------------------------------------------------

Artista: Lélia Parreira
Título do quadro: Mar .português.
Técnica: Acrílica sobre tela.
Dimensões: 90 cm x 70 cm.
2010.

© 2010 /2015 - Todos Direitos Reservados à Lélia Parreira -