NÃO SÓ QUERO A LIBERDADE

nao so quero(...)
Não quero! Dêem-me a liberdade!
Quero ser egual a mim mesmo.
Não me capem com ideaes!
Não me vistam as camisas de força das
Maneiras!
Não me façam elogiável ou intellegivel!
Não me matem em vida!
(...)

------------------------------------------------------------
Fernando Pessoa. Não! Só quero a liberdade!.
In: Poemas de Álvaro de Campos. Lisboa: IN-CM,
1990, p. 226-7.


Lélia Parreira
Não! Só quero a liberdade! - 2014
Acrílica sobre tela
180 x 60 cm